Dia a Dia, Emocional, Escola, Hiperglicemia

Ontem tivemos números diferentes no final do dia.

As medições da manhã e almoço foram normais, e na escola deu 70. Acho que com o tempo frio, ficaram todos dentro da sala, a maior parte do tempo (normalemente lancham e brincam um pouco na quadra depois). Chegou em casa com 255 mg/dl às 18:15h. Como ele não estava com fome, esperamos uma hora antes de aplicar a Novorapid, para ver se baixava sozinho. Uma hora depois: 202 mg/dl. Ele continuava sem muita fome, mas falei com a pediatra e nos disse para aplicar mesmo assim, dar o jantar e o leite normal antes de dormir. Não é bom ficar tanto tempo com a glicemia alta, e já estava claro que não ia baixar muito mais do que aquilo….

A preocupação que eu tinha em aplicar a Novorapid à noite era dar hipo na madrugada, mas já aprendi que o efeito dela dura no máximo 1h. Ou seja, ela atua nos próximos 15/30 minutos, baixando a glicemia que estava alta naquele momento, e depois pára. Como ele ainda ia jantar e tomar leite, ficaria com um número estável: 110 mg/dl antes do leite (e bisnaguinha) e acordou com 128 mg/dl. Preciso conferir os números e amanhã temos médica, mas acho que ele tem acordado com números um pouco mais altos do que antes….não estou com a tabela aqui comigo, depois eu falo direitinho. Preciso conferir qual o ideal para saber se teremos que aumentar a dose da noite ou ainda não….

Outro assunto: amanhã ele teria um passeio das 8h às 16h para o ZOO, com a escola. Ele já fez esse passeio na escola antiga, ano passado, mas apenas meio periodo….Dessa vez não deixei. Fiquei encanada com o horário das refeições, que pode sofrer atraso se tiver muito transito e ele passar da hora de comer….ou se ele ficar muito agitado e aumentar a glicemia, ninguém lá aplica insulina ainda. Ai sei lá, ainda preciso me estruturar para deixá-lo longe tanto tempo, ainda mais sem que saibam 100% como agir. Superproteção??? Pode ser, deve ser…… mas uma hora passa….ou não!!!! rsrsrs

É isso.

Força, beijos.

Alimentação, Começo, Diabetes, Escola, Hiperglicemia, Hipoglicemia

Hoje o dia amanheceu normal, com 93mg/dl, mas foi virando um mooooonte de novidades: na verdade acordamos um pouco mais tarde hoje, porque esqueci de colocar o relógio para despertar…na hora do lanche: 240 mg/dl. O Gui soltou a seguinte frase para meu pai: ” claro que está alto vovô, é porque eu não estou com fome, então não preciso lanchar”. Pois é, ele já entendeu que se dá um número alto e ele não está com muita fome, não precisa tomar a isnulina rápida, porque depois desce sozinho….(lógico que com o tempo vamos perder esse hábito de poupar espetada e fazer o que é preciso para que o número não fique alto muito tempo).

Bom, pedi para meu pai medir lá pelas 11h de novo e dar pelo menos um suco light, só para ele não ficar sem comer nada. Acabou caindo na conversa de falta de fome do Gui, não comeram nada e antes do almoço: 59 mg/dl. Almoço caprichado para compensar e……me ligaram da escola: a medição deu 198 mg/dl, o que fazemos? Como não ensinamos a aplicação ainda, corre vovô Célio na escola para aplicar (fica na mesma rua de casa!).

O Gui estava na sala da coordenação, deixou aplicar numa boa, mas sem a coordenadora ver, porque não quis que ela visse seu bumbum…mereço! Ainda estou tentando que ele deixe aplicar em outro lugar, mas até agora nada.

Bom, liguei para a pediatra para confirmar uns exames que faremos essa semana, aproveitei para contar da escola e aprendi mais uma: (LEMBRANDO QUE ISSO VALE PARA A ROTINA DO GUI, NÃO É PADRÃO PARA NINGUÉM!!) não vamos aplicar insulina na escola, principalmente com alguém indo até lá. Vamos manter a rotina dele normal na escola, apenas com as medições. Se ele mantiver números altos nos próximos 3 dias, aumentaremos a dose da insulina da manhã, e pronto. Manteremos as correções com Novorapid nas refeições principais, ou seja, almoço e jantar. Ou seja, mesmo que dê por volta de 200 mg/dl no lanche da tarde, ele pode comer normal, e quando chegar em casa, aplicar a insulina corretiva antes de jantar.

Preciso dizer o quanto meu pai ficou feliz/aliviado/tranquilo?!?!?! rsrsrs

Pré jantar = 103 mg/dl e pré ceia = 85 mg/dl (tomou leite e comeu uma fatia de bolo light antes de dormir).

Olha, acredito nas trocas de experiências e informações e valorizo isso todos os dias, porque apoio como este que estou tendo por aqui (e pessoalmente também), não tem preço! Do mesmo jeito que confio 150% na Dra Regina, que nos conhece há 5 anos, e que é endocrino. Por isso, de novo, o que eu conto aqui sobre quantidade de insulina e freqüência, se aplica ao Gui. Dúvidas, falem com seus médicos!! 🙂

Outra informação importante que peguei com ela hoje: nossa meta antes de dormir é que a glicemia esteja entre 70 mg/dl e 130 mg/dl. Acima disso, podemos comprometer a tão temida glicemia glicosilada, que alías, vou saber a quantas anda essa semana. Estávamos buscando sempre um número mais alto, próximo de 200 mg/dl, mas não é necessário. E comprovei isso no sábado, quando ele foi dormir com 70, estava com 103 às 3h da manhã e acordou com 93, sem nenhum alimento adicional. Boa sorte pra gente!

Outra novidade do dia: recebi um novo comentário no blog, de uma nova visitante, a Bruna, diabética tipo 2 que decidiu contar um pouco da experiência dela na página de Diabetes Tipo 2. Seja bem vinda Bruna, informações novas são sempre bem recebidas!

É isso. Vamos ver como fica amanhã e conto depois.

Força, beijos.

Começo, Emocional, Escola, Superação

Ai ai….ontem na aplicação da noite, já com o Gui dormindo, ele sentiu a picada e puxou o corpo com tanta força que a agulha ficou torta! Fiquei na dúvida se a insulina tinha entrado, mas na dúvida, nunca aplicamos novamente, é melhor corrigir depois do que correr o risco de uma hipo no meio da noite…..

Saiu sangue, fez um risco na pele….fiquei péssima! Uma sensação esquisita…. a sorte é que hoje ele acordou, olhou pro risco e falou: nossa mamãe, saiu sangue? Você não lembra como foi Gui? Não….ah tá…..ufa.

Bom, decidi que só vou aplicar com ele dormindo em último caso! Hoje até antecipei em uma hora e meia a aplicação (depois de consultar a Dra. Nicole!!!), porque ele foi dormir mais cedo. Vou combinar com a pediatra um novo horário de aplicação. Quem sabe 21h e 7h. Nem sempre ele está acordado às 7h, por isso escolhemos esse horário, mas sei lá, vamos ver. Existe um intervalo padrão entre uma aplicação e outra?? Tipo, precisa ter no máximo 12h de intervalo?? (aguardo comentários!).

Hoje tive reunião na escola do Gui e foi ótimo. Serviu para estreitar ainda mais o relacionamento que tenho com elas. Saber mais do que eu sabia na primeira reunião, com apenas uma semana pós descoberta, me deixou mais segura para explicar a rotina e necessidades novas do Gui. Estou mais calma em relação às festas e lembrancinhas, porque o próprio Gui já recusa muita coisa. E passei com mais detalhe as reais restrições dele. Disseram que ele está adaptado de novo à escola e que faz a medição sozinho mesmo!! A professora só olha o resultado e me liga se der numero diferente…Aliás, aguardem, ela fará um depoimento aqui para o blog, sobre o primeiro dia que mediram a glicemia na escola!

Ah, um menino do 3º colegial acabou de descobrir que tem diabetes tipo 1….quem sabe não possam fazer alguma atividade de esclarecimento sobre a doença? Sei lá…..vou pensar em algo.

Bom, os números foram ótimos ontem e hoje, super equilibrados. Acho que a alteração de sábado foi relamente efeito colateral do metro, porque no domingo já voltou tudo ao normal. Que bom, estamos bem!!

Força, beijos.

Dia a Dia, Escola, Hipoglicemia, Insumos

Ontem e hoje foram mais dois dias de números muito baixos, até perguntei por aí se alguém sabia se frio baixava glicemia, já que o corpo tende a queimar mais para se aquecer, mas ninguém viu muita ligação entre uma coisa e outra. Deve ser minha cabeça tentando achar explicação para tudo…Bom, ficou assim:

07/04 – Terça: jejum – 57, pré-almoço – 51, pré-lanche – 85, pré-jantar – 91 e pré-ceia – 132 (tomou leite e comeu uma bisnaguinha antes de dormir);

08/04 – hoje: jejum – 84, pré-almoço – 60, pré-lanche – 63, pré-jantar – 91 e pré-ceia – 106 (pediu para dormir no meu pai, e vai tomar leite e comer uma fatia de pão integral agora!);

Ligaram da escola hoje, logo depois da medição, para saber se precisavam fazer algo além de dar o lanche, mas pedi apenas que ficassem de olho para que ele comesse todo o lanche.

Falei com a pediatra e amanhã vamos diminuir uma unidade de NPH da manhã (de 4 para 3), porque esse aperto com medo de hipo não dá….principalmente sem que ele ainda perceba e avise quando não está bem. Vamos ver como fica, se vai rolar um aumento muito grande a ponto de precisar de correção (Novorapid), ou se vai equilibrar….como ela mesma disse, o máximo que pode acontecer é voltarmos às 4 Un no sábado.

Estou ansiosa para o encontro na ADJ sábado, já que finalmente o Gui vai conhecer outras crianças com diabetes….No encontro do mês passado choveu tanto que acabamos ficando presos em casa…mas já combinei com a Nicole, e nem que chova CANIVETES nós vamos, certo?? rsrsr

Amanhã eu conto como ele reagiu à mudança na dose, ok?

Força, beijos

Dia a Dia, Escola

Lógico que depois de acordas às 5h da matina ontem, dormi às 21h e não deu para passar por aqui.

Bom, ontem o resto do dia foi mais “normal”: lanche manhã – 72, almoço – 76, lanche da tarde*139, jantar – 134, ceia – 95 (demos leite para garantir a noite) e madrugada (3:30h) – 106.

* primeira medição na escola, meu pai foi lá para explicar tudo, mas nem precisou muito: o Gui fez sozinho e mostrou à professora! Fiquei de passar lá essa semana para conversarmos melhor sobre a rotina dele, agora que, passados 30 dias, já tenho mais informação para passar. Gosto muito do retorno que elas me dão, sempre!

Hoje conversei com a pediatra e resolvemos manter as 4 unidades de NPH da manhã e 1 unidade a noite. Não vamos mexer em time que está ganhando, certo?

Ah, lembram daquele menino da sala do Gui que só brigava com ele, deixava ele sem vontade de ir à escola?? Olha só o que ele trouxe ontem, na mochila:

É, com o tempo as coisas vão se acertando…..sempre!

Força, beijos.

Dia a Dia, Dicas, Escola

Gente, voltei! Na verdade não sumi totalmente porque tenho respondido os comentários do vídeo, aliás, super mega blaster obrigada, ficamos super felizes que gostaram. Ele está todo orgulhoso “que fez tudo direitinho”!

Os números esses dias foram bons: 91/74/147/143 e 82/80/94/99. Hoje, na medida antes do almoço, deu 167, mas meu pai me ligou dizendo que diminuiria um pouco a quantidade de carboidrato do almoço e pronto…ele teria caça aos ovos hoje na escola, estão queimaria..alías, de recompensa por terem achado um lindo ovo de CHOCALATE, adivinha o que ele ganhou de presente? Uma bala!!! A soooooorte é que deve mesmo ter corrido bastante, porque chegou em casa com 90. Como ainda não temos feito medição/aplicação na escola, para eles é como se nada tivesse mudado, né? Preciso escrever um email esse finde e marcar reunião lá de novo….mas é que essa semana foi um caos.

Esses dias eu estava vendo todo o material que peguei no Congresso de Diabetes domingo e queria dividir algumas informações que achei mais relevantes:;

  1. As agulhas da caneta, mesmo após uma aplicação devem ser descartadas, pois aumentadas em 2000 vezes, conseguimos ver que sua ponta vira um anzol, causando mais dor e podendo deixar marcas (melhor não arriscar, certo?);
  2. As agulhas dos lancetadores (aquela canetinha azul que o Gui usa para furar o dedinho), podem ser usadas até 2 vezes, porque ficam guardadinhas, mas não mais do que isso, para evitar o mesmo problema acima;
  3. Devemos fazer um rodízio nos locais de aplicação da insulina, dando um intervalo de 14 dias (como??) antes de repetir o lugar, evitando assim que o local fique sobrecarregado, causando deformidades no tecido subcutâneo (lipodistrofia) – só consigo dar em outro lugar que não o bumbum quando o Gui está dormindo….
  4. A cantora Paula Toller tem diabetes tipo 1 há um ano;
  5. Revi todos os sintomas de hiperglicemia e caiu a ficha de que o Gui tinha todos e eu não percebi….mas falo disso no próximo post!!

Olha só os lugares indicados para aplicação:

Próximos posts: Chocolates e Sintomas de Hipo e Hiper.

Força, beijos

Alimentação, Dia a Dia, Escola, Hiperglicemia

Tanta coisa no finde que só deu tempo de parar agora…

Almoço nos pais do Léo: a medição pré-almoço deu 197, então aproveitamos para ensinar à “Dinda” (irmã do Léo) como se aplica insulina e o Gui disse que ela fez direitinho… 🙂

Vacinação contra Gripe Suína: depois de descobrir que os postos de saúde normais não abrem aos sábados (só em campanhas de um dia só), fomos até o Instituto Pasteur, na Paulista. Cheio, mas em uma hora saímos de lá, após uma aplicação traumática. As pessoas ficam olhando como se o Gui fosse um rebelde, mas achei melhor não ficar explicando que a lembrança de uma semana de hospital, com 2 enfermeiros tendo que segurar para cada  aplicação de injeção, ainda está recente na memória dele. Pensem o que quiser, ele tem pavor de agulha sim. Passou bem esses dois dias, mas está com princípio de febre (37,3º), então vou ficar ligada essa noite…

Festa Surpresa da minha sobrinha Bia – noite: só pais, avós, tios, uma delícia. Meu irmão já tinha me avisado que teria pipoca, batatinha e sanduiche de metro, se eu queria algo diferente, mas disse que não precisava. Normalmente, ele comeria só a pipoca e batata, então para evitar hipo, levei um sanduiche de pão integral e um bolinho de chocolate. Ele comeu um saquinho de pipoca, e meia dúzia de batata….Medida antes do lanche: 81 e medida antes de dormir: 165. Perfeito, tomou leite e dormiu.

Hoje: Acordei um pouco mais tarde porque tive uma festa ontem e o Léo fez o turno da manhã, na verdade do dia todo, pois fui no Congresso de Diabetes logo depois do almoço e só cheguei agora. A medida antes do lanche da tarde deu 178, precisou da Novorapid, mas tranquilo. Lanchou bem e agora está se acabando de brincar de luta na sala.

Conheci pessoalmente a Nicole, a Vivi, a Duda e avó Maria Lucia (pois é, até isso temos em comum), e foi ótimo. Parece que as conheço há anos e as meninas são fofas demais. A Vivi fala sobre diabetes como gente grande: eu tenho diabetes tipo 1 e o Gui? Há quanto tempo você descobriu que ele tem diabetes? Minha mãe descobriu quando eu era bem pequena…..rs

Fotinhos de tudo isso!

Foi bom ler os vários comentários sobre o post de ontem e perceber que não estou tão fora da realidade, E me fizeram refletir de que preciso falar melhor na escola dele….estou escrevendo o e-mail agora e depois conto como foi.

Qualquer novidade volto mais tarde. Ah, tô adorando esse monte de gente nova! Continuem se identificando e dizendo de “onde vieram”.

Força, beijos.

Alimentação, Diabetes, Escola, Saúde

Pessoal, tô meio passada, mas vamos começar do começo!!!

  • manhã tranquila, com 77 de glicose em jejum, 167 antes do almoço…meu pai me ligou para saber se precisa MESMO aplicar a Novorapid e decidimos que não…ah, 17 números a mais, em um dia que ele tem educação física, preferimos deixar assim e não dar tanto carboidrato no almoço (reduzimos a quantidade de arroz); vovô Célio e vovó Maria Lucia felizes;
  • Na volta da escola, pós festinha, 174, mesmo sem comer doce, só cachorro quente, bisnaguinha e o bolinho Ana Maria que mandamos. Como ele ainda não estava com fome, jogou bola dentro do apto. (não façam isso em casa, mas estava chovendo!). Resultado: baixou para 94 e jantou feliz; vovô Célio e vovó Maria Lucia felizes, parte 2;

Bom, abri a mochila para ver se tinha algum recado na agenda dele e quase fiquei sem ar ao ver o “saquinho da lembrancinha” do aniversário que ele teve na escola. Sei que não passa pela cabeça de mães sem o contato com o diabetes que isso pode ser uma arma, mas acho que falta um pouquinho de bom senso na hora de pensar em agradar os amiguinhos do filho. Não faz mal para os dentes também??

Tirei tudo de dentro do saco e deu isso aí, e logo abaixo relacionei a quantidade de carboidrato de cada item, bem coisa de louca, mas fiquei curiosa pra caramba para saber o que isso representaria se ele tivesse comido na escola….a sorte que o Gui não abre nada dessas coisas sem falar com a gente antes, mas e se todos tivessem aberto?? Ele já teria feito algo diferente de todos? Ainda vou descobrir isso…

OBS: CHO = carboidrato

  1. Pacote de mini trackinas, pacote com 25g = 16g de CHO
  2. Bombom Ouro Branco, 1 unidade = 13g de CHO
  3. Barra Mastigável Tutti Frutti, de 12g = 10g de CHO
  4. Maxi Choco Goiabinha, com 24g = 14g de CHO
  5. Buballo, 1 unidade = 4g de CHO
  6. Chiclete Blong (??) = 3g de CHO
  7. 2 Pirulitos do Ben 10 = 38g de CHO (!!!!!)
  8. Pacote de Confetes do Ben 10, 15g = 11g de CHO
  9. Bolinho recheado de Morango, 40g = 22g de CHO
  10. 2 balas de chocolate = 8g de CHO

Itens sem informação nutricional: 2 balas de gelatina, 1 pote de gelatina Gelli Way, 4 chiclete do Ben 10.

TOTAL: 141 de CHO

(um almoço, por exemplo, deve ter por volta de 45g de CHO, um lanche da manhã, umas 25g, só para terem noção do exagero)

Lógico que isso não é para ser consumido de uma vez, que é responsabilidade dos pais abrir o saquinho e distribuir os doces para seus filhos, que ninguém tem culpa porque meu filho tem diabetes, mas gente, nem quando ele não tinha eu dava essas coisas todas pra ele. E o que foi a primeira coisa que ele falou quando me viu abrindo a sacola?? “Nossa mamãe, o que eu posso comer disso tudo?” Como ele tinha acabado de jantar, abri o pacote de mini trakinas e dei apenas duas. Ficou feliz, e amanhã eu disse que vou pegar algumas coisas e colocar no lanche dele, como o bolinho e a gelatina…

Pode ser exagero desse meu início de diabetes, mas é impressionante como mudamos a maneira de ver algumas coisas….Eu realmente acho que seremos todos aqui mais saudáveis!

Ele estava bem feliz e brincalhão agora a noite, e isso me inspira nas maluquices com ele: coloquei um edredon embaixo da mesa de jantar, e um lençol na lateral. Pronto, uma cabana com passagem secreta, que pode virar barco, tanque de guerra ou submarino, só depende de você Gui! “Nossa mãe, que idéia legal essa que você teve!!” ……. vou dormir feliz, e ele, lógico, dormiu na cabana (mas já colocamos na cama, calma!).

Mudando de assunto: a Vivi, filha da Nicole que está sempre aqui me ajudando, fez um vídeo sensacional sobre “como medir o dedinho”, como se tivesse narrando uma receita na Ana Maria Braga!! O Gui assistiu, ficou positivamente surpreso em ver outra criança fazendo o mesmo que ele e no final ainda perguntou “Ué, não tem vídeo da canetinha também??” Falei com a própria Vivi agora a noite e ela já está pensando na produção disso!! Alías, vamos nos conhecer pessoalmente no domingo, durante o 14º Congresso Anual de Diabetes da ADJ. Não vejo a hora!

E assim terminou mais uma semana! Vou atualizar a planilha do Gui e enviar à pediatra, pois não fiz isso na última semana…bom sinal, está tudo indo bem.

Força, beijos!!!

Alimentação, Escola, Hiperglicemia

…..só para o dia não passar em branco, as medidas do dia foram boas, mas tivemos que aplicar a Novorapid antes do jantar (173). Como eu cheguei beeeeem na hora da medição, meu pai foi salvo da, ainda, difícil tarefa… O Gui já sabe reconhecer quando precisa usar a “caneta azul”, pela nossa cara quando olhamos para o aparelho…demorou uns 10 minutos para deixar. Ainda perguntei: tá com fome, quer jantar, ou vamos correr um pouco lá embaixo? Quis jantar…Quando eu coloquei a agulha e já olhou e disse “nem doeu” e fez um sorriso tímido….acho que falou só pra me agradar, mas acho que acertei o lugar também…

Amanhã tem nova festinha na escola, pois é, a segunda no mês!! Falei hoje de manhã que ele podia comer o que quisesse e ele arregalou os olhos: até salgadinho mãe?? EBA! Por via das dúvidas, como ele come muito pouco em festa, vou mandar um lanche mínimo para ele comer também, porque se for como da outra vez que comeu só uma coxinha e um enroladinho de salsicha, dará uma hipo na certa….Vou mandar uma bisnaguinha e um bolinho de chocolate, já que ele não come mesmo bolo de festa (puxou a mãe..). Depois, come o que mais aguentar….e meu pai vai passar a tarde fazendo “figas” para dar tudo certo na volta para casa!!

Amanhã eu conto como foi.

Força, beijos.

Dicas, Escola, Insumos

Hoje são vários assuntos diferentes para falar, então vamos por partes:

  1. Obrigada por todos os comentários no post de ontem, me senti menos “incapaz” sabendo que é normal dar uma erradinha na mão, às vezes…rs. E fez efeito, porque a medida da manhã deu 69 (ufa);
  2. As medidas do dia foram esquisitas, 68, 56, 242, 129, mas como a escola hoje foi diferente, passou a tarde toda sentado vendo apresentações da “Tarde com Avós”, ele não queimou o excesso do lanche. Meu pai aplicou a Novorapid sem problemas, antes do jantar, já em casa! Detalhe: por conta das tais apresentações, o lanche que normalmente ocorre às 15h, ficaria para as 16:30h. Lógico que mandamos o lanche dele normal e a professora deu para ele, sozinho….Na hora do lanche coletivo ele não quis comer nada. Ah, e como ficou com vergonha de se apresentar para mais de 100 pessoas, só tenho foto dele com o melhor amigo Felippo, aquele que ajuda na alimentação saudável!!! Fofos, vejam abaixo.
  3. Dica do dia (1): Como o SUS vai mesmo demorar, vou seguir a orientação da Nicole para conseguir os medicamentos por outras vias. As insulinas eu ainda tenho para uns 5 meses, mas as fitas e as lancetas do aparelho não!!!
  4. Dica do dia (2): algumas coisas podem interferir na medição de glicose como passar álcool em gel (o melhor é passar apenas na mão de quem vai aplicar, e não no dedo dele); mão molhada (a água pode dissolver um pouco o sangue e dar uma falsa medida de hipoglicemia, ou seja, se a criança lava a mão sozinha, confirmar se enxugou bem) e mão suja de comida/doce (restinho de comida na mão pode dar falsa medida de hiperglicemia, como se estivéssemos tirando a medida de um brigadeiro!!);
  5. Divertido falar no telefone com alguém que você nunca viu na vida, troca mensagens há 1 mês, e já parece sua melhor amiga de infância! Talvez por termos uma amiga querida em comum, ou talvez por sermos mães de crianças diabéticas, ou por sermos filhas de Maria Lucia, ou por gostarmos de agenda de papel em plena era tecnológica, por adorarmos canetas coloridas!!! Ou o mais provável, por tudo isso junto!!!
Luigi (irmão do Pipo), Pipo e Gui

OBS: os pais do Luigi e do Pipo são super altos, por isso o Gui parece tão pequeno!! rsrsrsrs Lindos!

Força, beijos