Novas experiências!

Hoje o dia amanheceu normal, com 93mg/dl, mas foi virando um mooooonte de novidades: na verdade acordamos um pouco mais tarde hoje, porque esqueci de colocar o relógio para despertar…na hora do lanche: 240 mg/dl. O Gui soltou a seguinte frase para meu pai: ” claro que está alto vovô, é porque eu não estou com fome, então não preciso lanchar”. Pois é, ele já entendeu que se dá um número alto e ele não está com muita fome, não precisa tomar a isnulina rápida, porque depois desce sozinho….(lógico que com o tempo vamos perder esse hábito de poupar espetada e fazer o que é preciso para que o número não fique alto muito tempo).

Bom, pedi para meu pai medir lá pelas 11h de novo e dar pelo menos um suco light, só para ele não ficar sem comer nada. Acabou caindo na conversa de falta de fome do Gui, não comeram nada e antes do almoço: 59 mg/dl. Almoço caprichado para compensar e……me ligaram da escola: a medição deu 198 mg/dl, o que fazemos? Como não ensinamos a aplicação ainda, corre vovô Célio na escola para aplicar (fica na mesma rua de casa!).

O Gui estava na sala da coordenação, deixou aplicar numa boa, mas sem a coordenadora ver, porque não quis que ela visse seu bumbum…mereço! Ainda estou tentando que ele deixe aplicar em outro lugar, mas até agora nada.

Bom, liguei para a pediatra para confirmar uns exames que faremos essa semana, aproveitei para contar da escola e aprendi mais uma: (LEMBRANDO QUE ISSO VALE PARA A ROTINA DO GUI, NÃO É PADRÃO PARA NINGUÉM!!) não vamos aplicar insulina na escola, principalmente com alguém indo até lá. Vamos manter a rotina dele normal na escola, apenas com as medições. Se ele mantiver números altos nos próximos 3 dias, aumentaremos a dose da insulina da manhã, e pronto. Manteremos as correções com Novorapid nas refeições principais, ou seja, almoço e jantar. Ou seja, mesmo que dê por volta de 200 mg/dl no lanche da tarde, ele pode comer normal, e quando chegar em casa, aplicar a insulina corretiva antes de jantar.

Preciso dizer o quanto meu pai ficou feliz/aliviado/tranquilo?!?!?! rsrsrs

Pré jantar = 103 mg/dl e pré ceia = 85 mg/dl (tomou leite e comeu uma fatia de bolo light antes de dormir).

Olha, acredito nas trocas de experiências e informações e valorizo isso todos os dias, porque apoio como este que estou tendo por aqui (e pessoalmente também), não tem preço! Do mesmo jeito que confio 150% na Dra Regina, que nos conhece há 5 anos, e que é endocrino. Por isso, de novo, o que eu conto aqui sobre quantidade de insulina e freqüência, se aplica ao Gui. Dúvidas, falem com seus médicos!! 🙂

Outra informação importante que peguei com ela hoje: nossa meta antes de dormir é que a glicemia esteja entre 70 mg/dl e 130 mg/dl. Acima disso, podemos comprometer a tão temida glicemia glicosilada, que alías, vou saber a quantas anda essa semana. Estávamos buscando sempre um número mais alto, próximo de 200 mg/dl, mas não é necessário. E comprovei isso no sábado, quando ele foi dormir com 70, estava com 103 às 3h da manhã e acordou com 93, sem nenhum alimento adicional. Boa sorte pra gente!

Outra novidade do dia: recebi um novo comentário no blog, de uma nova visitante, a Bruna, diabética tipo 2 que decidiu contar um pouco da experiência dela na página de Diabetes Tipo 2. Seja bem vinda Bruna, informações novas são sempre bem recebidas!

É isso. Vamos ver como fica amanhã e conto depois.

Força, beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *