Diabetes

Pessoal, estamos bem!
Sei que sumi, mas entre outras coisas, mudamos de casa, e ainda não consegui me organizar para escrever. Tenho saudades, vejo os comentarios que ainda recebo, de apoio, de que o blog ainda ajuda as pessoas, e me sinto culpada pelo “abandono”. Prometo não sumir mais tanto tempo!

Depois eu falo da gente, com calma, hoje o recado é outro!

Em novembro é comemorado o Dia Mundial da Diabetes, e a Nicole, do blog Minha Filha Diabética, descobriu uma blogueira americana que está lançando uma campanha bacana: passar todas as sextas de novembro, e não apenas o dia 14, lembrando a importancia da conscientização, informação e cuidados que devemos ter com essa doença. Como? Usando azul e publicando em nossos blogs, divulgando para nossos amigos… Da mesma maneira que a Revista Caras se “pintou de rosa” esta semana, numa campanha contra o cancer de mama, podemos nos juntar e promover o novembro azul por onde conseguirmos! Já vou pensar no layout do blog!

No mundo todo, vários lugares publicos aderem à causa e ficam azuis no dia 14.. luzes em predios, faixas… no Brasil ainda não pegou muito, mas quem sabe a gente consegue algo?

No site da Federação Internacional de Diabetes tem bastante informação, e vou me programar para incluir dados aqui também.

Bjo grande, força sempre, obrigada por não esquecerem da gente!!

Diabetes, Insumos

Sexta passada foi dia de troca de insulina, e dia de comprar também… pois é, ainda não dei entrada para receber as insulinas de caneta pelo governo, mas ok, estamos nos virando…

Eu já estava com a receita da médica, com a indicação da NPH e endereço de casa, RG do Gui e meu documento em mãos. Incrível como algumas farmacias ainda estão despreparadas para atender Farmacia Popular, pelo menos no que diz respeito a diabetes….. tudo bem que a regra mudou recentemente, mas não justifica, já que na segunda farmacia que eu fui, me atenderam super bem, explicando tudo que mudou.

Primeiro, não queriam aceitar RG, só certidão de nascimento… E depois não me explicaram que alguns laboratorios que antes praticavam descontos, não entraram mais no programa,  e só diziam que não tinham a insulina que eu queria.

Cheguei na Drogasil e o gerente explicou direitinho: a NPH que usávamos, da Novo Nordisk, com 5 refis para caneta, não estava mais no programa da Farmacia Popular, pois o governo exigiu que as insulinas fossem gratuitas, e o laboratorio ainda não resolveu o que fará. Antes elas saíam com 50% de desconto, o que dava um pouco mais do que R$ 10,00 por refil. Ele me mostrou que a mesma NPH, só que do laboratorio Lilly, saia de graça (caixa com 2 refis), mas que não serviria na caneta que eu tinha… ok, comprei a caneta por 39,00 e tudo certo.

O Gui gostou tanto que disse que essa caneta nova nem dói, é magica! Adoro essa criatividade dele.

Bom, infelizmente a Novorapid não entrou no programa ainda… a caixa com 5 canetas descartaveis sai R$ 175,00… ainda tinha uma em casa, vou esperar a nova consulta da médica para definirmos se continuamos com ela (usando Unidades inteiras) ou se partimos para uma caneta com meia dose… andamos com alguns números baixos…

Ele fez os exames no sábado com o pai…. não vejo a hora de ver o resultado. É, eu sei que são apenas números, mas não adianta… quero saber se além do resultado que estamos acompanhando no dia a dia, os exames estarão do nosso lado…

Obrigada pelas mensagens sobre o niver!

Força, alegria, saúde, sempre!!!

Alegrias, Diabetes, Superação

Sei que muitas pessoas que passam por aqui já acompanham também o blog da Nicole e da Vivi mas para quem não conhece ainda, li um texto emocionante hoje, de um pai de um menino diabético, que vale muuuuuuuito a pena! Incrível ler o seu nome e o do seu filho ser citado por pessoas que você não conhece, principalmente como sendo uma referencia de força e exemplo….além de estarmos fazendo diferença na vida de nossos filhos, estamos fazendo parte da vida de muitas outras pessoas… que alegria!

Segue abaixo um trecho do texto, mas o post completo vocês podem ler AQUI.

“Prezada Nicole, venho a algum tempo acompanhando o seu blog mas nunca postei nenhum comentário.  Quando descobri o seu blog fiquei tão impressionado que fui retornando as postagens mais antigas e li desde a primeira.  Através do seu blog também passei a acompanhar o da Sarah e Igor, Joana e Guilherme, Jujuba diabética, e mais recentemente o vida doce como mel e doce dia-dia.

Essa relutância em escrever algo se deve ao fato de eu ser PAI de um menino DM1 e não MÃE.  É estranho como eu não vejo nenhum comentário feito por pais apenas por mães. Será que todas as crianças doces são órfãos de pai? Porque será que os pais não se envolvem tanto quanto as mães?

Mas vamos lá:

Sou pai de um menino hoje com 12 anos que foi diagnosticado como DM1 um ano e meio atrás.  Apesar de ele estar na época fazendo 11anos e ser um menino tranqüilo e responsável foi muito difícil o recebimento da notícia, e olha que não passamos por nenhum momento muito traumático, pois ele não precisou ficar internado, minha mulher (que é a mãe dele) é nutricionista, o endócrino dele é um grande amigo meu etc…

Mesmo assim fomos ao fundo do poço, mas no fundo mesmo.  Eu particularmente me afundei geral.  Minha mulher segurou uma barra danada, mas tudo passou.

Seu blog e o da Sarah e Joana, foram de grande importância nessa minha superação, pois como era possível mães de filhos bem menores que o meu, que passaram por internações hospitalares, que tinham que administrar a pouca idade de seus filhos, as escolas, as festas infantis, as atividades físicas inesperadas e tudo o mais e ainda conseguiam manter a serenidade, a alegria e a vontade de escrever suas experiências em prol de tentar ajudar outras pessoas?…..”

Leiam, inspirem-se, emocionem-se….

A diabetes não chegou aqui em casa como uma doença, mas como uma oportunidade de aprendermos alguma coisa….. e estamos fazendo o melhor para que o Gui pense o mesmo. Que ele precisa de alguns cuidados a mais, porém é exatamente igual a todo mundo! E tenho certeza que muito feliz que muita gente por aí que não tem nenhum obstáculo para superar.

Obrigada Ni, por dividir este texto com a gente…

Força, alegria, amor, VIDA, sempre.

Bjos

Aniversário, Dia a Dia, Diabetes

É…tô ficando expert em esquecer o dia certo do “aniversário” da Dona Diabetes….descaso? Não, nunca, é que ela já faz tão parte da rotina, como escovar os dentes, fazer xixi antes de dormir, tomar banho, que acaba passando…

Esse último mês teve de tudo: hipo com sintoma, hiper sem noção, esquecimento de aplicação da insulina da manhã….não parei de pesquisar ou de ler sobre o assunto, mas é que realmente não estamos mais vivendo 100% em função dela….certo ou não, é isso…..A alimentação continua balanceada, regulada, as medições continuam sendo feitas, tudo ali, como deve estar, mas estamos conseguindo tirar um pouco o “peso” disso tudo, até para o Gui ficar com o emocional um pouco mais forte.

Não quero deixar de brigar com ele quando precisa, só porque ele tem diabetes…sim, existe uma tendência grande de cairmos nessa “Lei de Compensação” que não faz bem para ninguém, MUITO MENOS PARA ELES: ok….não vou brigar porque não obedece, afinal, ele já tem diabetes… Acho que no começo é normal pensarmos assim, pelo menos comigo foi, mas não dá. As regras ainda devem ser seguidas, o banho ainda precisa existir na rotina, a escola está lá para ser freqüentada…tudo igual. A diabetes não veio para mudar o tipo de educação que eu sempre pensei em dar para ele, mas para melhorar a qualidade da alimentação da família toda….e ponto! Até porque, se eles percebem essa brecha no nosso emocional, esquece, por mais queridos que sejam, usarão isso contra a gente em segundos!

Eu sei que às vezes falo mais duro com ele do que preciso, mas sei pedir desculpas, sentar no chão com ele no colo até nos acalmarmos e começar a conversa de novo. Assim como sei pular na minha cama por 10 minutos, ouvindo música e cantando, enquanto ele vai acordando, rindo e me chamando de maluca! Todo mundo tem dias de mais bom humor do que outros…isso não muda porque se tem alguém com diabetes em casa. Sou brava quando precisa, mas também sou a mais companheira do mundo, a maior parte do tempo!

Acho que estamos indo bem. Ele está bem.

Obrigada sempre pelas mensagens que recebo por aqui, por E-mail, Facebook ou pessoalmente. Fico feliz em ouvir que o blog ajuda mães “novas” dessa rotina, porque conseguimos mostrar que as coisas vão se encaixando com o tempo e com a informação…voltem. Estamos aqui!

Força, alegria, e muito amor, SEMPRE!!!

Diabetes, Hiperglicemia, Saúde

Ontem o Gui voltou do pai dormindo, e ainda dormiu um tempão em casa. Final de semana certinho, tirando uma glicemia na faixa dos 300 na hora do lanche, dentro do cinema. Total emocional, já que ele não ia no cinema há meses, alegando medo do escuro….Ficou feliz.

Antes do jantar com meus pais, 150 mg/dl, apliquei uma dose de Novorapid e comeu um cachorro quente, uma salsicha separada e suco. Só.Isso umas 21h, e já estava com sono de novo, deitou e dormiu. Medi às 23h só para ver se não tinha baixado demais e meu coração parou por 2 segundos: 409 mg/dl. Esse número só tinha dado no hospital, na UTI, paralisei…..Medi de novo: 427 md/dl. Duas doses de Novorapid e uma noite mal dormida. Acordei à 1h: 210 mg/dl. De manhã, às 9h: 107 mg/dl.

Provável gripe…..o bom e velho emocional também pode ter contribuído, porque a ida ao cinema foi realmente algo que o stressou por um tempo…sei lá. Fazia tempo que não tinha essa sensação ruím com o diabetes, porque realmente está tudo indo bem….lembrar do hospital não foi legal…

Exagero ou não, hoje ele não vai na escola, só foi na fono. Com esse frio as crianças ficam todas fechadas na sala…e ele com o nariz entupido…não precisa né?!

Ele teve festa do dia dos pais na escola sábado, e assim que eu receber alguma foto coloco aqui algumas fotinhos:

Por enquanto, tem as que tiramos na casa dos meus pais, no domingo passado!

Os dois dançando juntos!!!!

Força, sempre, beijos

Alimentação, Aniversário, Dia a Dia, Diabetes, Emocional, Saúde, Superação, Vitórias

Passa tão rápido que até pulei o quarto mês…rs..

Acho que o principal nesses últimos 2 meses, foi perder o receio em aplicar a Novorapid, porque finalmente estamos entendendo que ela realmente é uma aliada aos diabéticos, permitindo que comam com uma liberdade maior. Lógico, controle sempre, mas já me recuso a deixá-lo passar vontade, apesar dele já entender muito que não pode comer açúcar, e que a comida dele é Diet!
Outro dia ele chorou no lanche da manhã querendo bisnaguinha, que normalmente não come nesse horário, mas pelo amor, chorar por comida não! Comeu e pronto. Se ficar alto na hora do almoço, corrigimos depois…E nem precisou, esperou um pouco mais para almoçar.

Semana passada começou com o “primo” do Sucrilhos, o Corn Flakes, e um leite novo (Ades Zero), bem mais leve no quesito carboidrato. A pediatra disse que o Ades é o melhor em quantidade de cálcio, então vamos manter mesmo.

Ontem teve o tal mingau…quando eu abri a lata da Farinha Láctea, o menino suspirou com o cheiro!! Tem coisa melhor?! Duas horas depois disse que estava com fome…eu sabia que estaria um pouco alto (209mg/dl), mas ok, pensei em dar uma segurada, mas ele insistiu que estava com fome, fazer o que?!… Apliquei uma dose de Novorapid e ele comeu um sanduiche de pão integral com frios, e o suco.

Resumindo: continuamos aprendendo todos os dias. O que funciona em um dia, não acontece igual no outro, mas isso acontece comigo também, sem diabetes! Um dia tenho mais fome do que outro, um dia o almoço cai melhor do que outro, um dia quero jantar comida, outro só leite….nenhum dia é igual ao outro, PARA NINGUÉM!!!

Continuo recebendo várias mensagens pelo contato aqui do blog, de mães contando suas histórias, uma troca incrível! Continuem, ok?!

Ah, e o bom dia para o vovô Celio continua especial!!!

Bom, os 5 meses de diabetes vocês já conhecem, e o Gui com 5 meses?!?!?! MARAVILHOSO!!!

Força e beijos para todos!

Alegrias, Alimentação, Diabetes, Vitórias

Domingo perfeito, não fizemos nada! Sério, precisava disso….

Acordamos em horário mais normal hoje, 8:50h, com glicemia em 89mg/dl. Insulina, café da manhã e fiquei na cama de volta…enrolando. Ele foi brincar.

Lanche às 11:30h – Yogurt e meia maçã.

Almoço às 14h – 119 mg/dl – arroz, carne, feijão, tomate e palmito. Suco e gelatina diet.

E aqui começa o dia da preguiça…Ainda na mesa ele veio deitando no meu colo…passamos para o sofá dos meus pais….e capotou! Fui para o quarto com ele e dormimos até às 18h!!! Já tinha falado que tomaria mingau hoje, e já acordou pedindo, e veio com a seguinte frase: “Já que o mingau não é diet, é só a gente misturar com o meu leite novo diet, que ele vira diet!!” Gênio.

Medição antes: 66mg/dl. A lata diz que são 22g de CHO em 4 colheres de sopa rasa. Coloquei 3 e misturei como leite..o resultado?? Criança feliz!!!

Daqui duas horas eu vejo os números de novo!!

Força sempre, porque compensa muito!!!! Beijos.

Começo, Diabetes, Superação

Essa semana foi meio caos, acabei sumindo, né? Minha garganta resolveu dar show de horror, estou no anti-biotico, anti-inflamatório, uma delicia…..aqui em casa é assim, a gente alterna!!! rsrsrs

Lembram que outro dia fomos na praça aqui perto de casa conhecer a Isadora e seus pais, Vanessa e Leo? Então, recebi esses dias o depoimento da Vanessa, contando sobre o primeiro mês de diabetes. As coisas vão se acertando…..

O depoimento está aqui.

Amanhã é feriado, ainda estou vendo o que faremos por aqui, ou se vamos viajar…vou contando, prometo!

Força, beijos.

Começo, Dia a Dia, Diabetes

É, a diabetes realmente está por aí, em todo lugar, nós é que não prestamos atenção até que acontece dentro de casa.

Essa semana recebi, através do Contato do blog, um email emocionante da Renata, mãe da Malu, 5 anos, diabética há 1 ano e da Mafe, de 1 ano (fizeram as contas, né??). E como a maioria das histórias que conhecemos por aqui, foi uma descoberta complicada, com a Renata grávida de 7 meses da Mafe!!! Só de imaginar isso, quando fui lendo o email, me deu um nó na garganta…fico pensando que a gente não pode reclamar nunca do que acontece com a gente, porque um dia ainda vai conhecer alguém que passou por dificuldades ainda maiores….sei lá…

Trocamos alguns E-mails e ainda aprendi mais uma: na sexta-feira, a Malu acordou com febre, vomitando e depois de 4 vezes, apesar de marcar 120mg/dl no aparelho, foram para o hospital porque ela estava com sintomas de hipo severa, super pálida e caidinha….os médicos disseram que é normal, quando ocorre uma desidratação, o aparelho não fica mais confiável, ou seja, vomitou mais de 2 vezes em um curto período de tempo, o melhor é já ir para o hospital para que cuidem o quanto antes…. Alguém mais já passou por isso??

Elas ainda não conhecem outras crianças diabéticas, então pensei que aqui seria o lugar perfeito para começar!!! Com o Gui, com a Vivi, a Isadora, a Luana, o Igor, a Sophia….. Acho que está na hora de marcarmos logo um novo encontro, porque 1 sábado apenas na ADJ não vai dar conta!

A história delas, contada pela Renata, está aqui.

Conto as novidades do Gui mais tarde!

Força pessoal, SEMPRE!!!! Beijos.

Dia a Dia, Diabetes, Dicas

Eu ainda sou nova nesse novo universo, mas estou tentando me cercar do maior número de informações possíveis sobre o assunto, até para entender cada vez mais. E acho que a falta de informação sobre diabetes é infinitamente mais assustadora do que a própria doença….

Logo no início da descoberta da diabetes do Gui, já tinha ouvido falar sobre o Dia Mundial do Diabetes (14 de Novembro), mas eu realmente estava com outro foco na cabeça…Porém, hoje, recebi um contato pelo blog, da Nancy Matos, Diretora de Comunicações da Federação Internacional do Diabetes (FID), que me passou vários materiais legais sobre a comemoração deste ano e resolvi deixar tudo em uma página específica para quem quiser conhecer melhor do que se trata, divulgar em outros sites…

Tem um movimento super bacana de deixar monumentos do mundo inteiro, com luzes azuis (cor oficial da campanha)…quem sabe a gente não consegue algo aqui no Brasil também?

Vamos pensar em algumas idéias? Meus queridos amigos empreendedores, aguardo sugestões!!!

Força, beijos.