Julia e a tal Hipoglicemia….

Hoje não vou falar muito do Gui…. apesar do meu pai ter tido missa hoje, e minha mãe ficar sozinha com ele, o que é sempre uma aventura, deu tudo certo!

Hoje vou contar um pouco da Julia, filha de uma casal muito querido, a Maíra e o Pedro. Somos amigas há…..9 anos, e o Pedro veio no pacote depois, mas não é menos querido por isso!!! Algumas vezes ficamos mais longe, mas nunca perdemos contato. São pessoas que eu amo, admiro e respeito, por tudo!!

Lembram que eu comentei que sábado fui no hospital, visitar a filha de uma amiga? Aqui entra a Juju! Uma boneca de 1 ano e 3 meses que teve uma convulsão na manhã de sábado, depois do banho, sem febre ou outro motivo aparente. Passaram o dia fazendo exames, de todos os tipos, sempre constatando uma glicemia abaixo dos 70 mg/dl, entre 50 e 70….

Passei no hospital com minha mãe, e ficamos esperando só para dar um beijo, um abraço, um pouco de colo….não preciso dizer que quando vi a Julia andando pelo PS, toda saltitante, não resisti e acabei chorando….ainda bem que fui pra dar força!!

Quando já tinham feito de tudo, e estava tudo normal, um médico dizendo que ela é hipoglicemica, outro na dúvida, resolveram dar alta. Antes que conseguissem sair, nova convulsão. Ficaram internados até ontem, ainda sem respostas oficiais. A dúvida toda era: com qual número ela está convulsionando? Não eram os tais 70 mg/dl, porque, teoricamente, depois de uma convulsão, o corpo se defende e a glicemia sobe bastante….ou seja, se 40 minutos depois da convulsão ela estava com 70, com quanto estava antes? Os fatos estavam relacionados ou não??

Resumindo: foram em um médico conhecido, homeopata, que só de olhar os exames foi categórico: ela está hipoglicemica. Ponto final. Vamos tratar para evitar que se transforme em uma Diabetes tipo 1. E ponto final. Ah, e as convulsões? Ele foi examinar a garganta e percebeu que ela está com 8 novos dentes crescendo, AO MESMO TEMPO, com gengiva inflamada. Disse que a convulsão veio daí, de tamanho desgaste do organismo. E ponto final.

Tão difícil ficar no hospital e quando não conseguem nos dar resposta, a agonia é multiplicada por mil!

Agora estão medindo a glicemia antes de cada refeição, e depois de 2h das refeições. Furando o calcanhar, porque o dedo da Juju é muito pequeno…. Já sei como anda o coração dos pais….porque sei o que passei para me adaptar à essa rotina de furos, mas vai dar tudo certo, será por pouco tempo, se Deus quiser!

Alguém mais sabe de casos de hipoglicemia apenas?? Podem nos contar??

Essa é a Família Izzo, em um ensaio fotográfico lindo que fizeram!!

Estamos aqui, se precisarem de qualquer coisa!!!!

Força, muita força, sempre!! Beijos.

OBS.: A Larissa tem um blog sobre Hipoglicemia, escrito não por uma médica, mas por quem vive isso todos os dias, há 8 anos. Pode ser uma boa fonte de pesquisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *