Escola, Hipoglicemia, Vitórias

O primeiro passeio de dia todo com a escola…

Eu estava devendo este post desde o final de junho, mas pra variar, tem sido corrido por aqui.

O Gui sempre ia nos passeios de meio periodoa da escola: almoçava em casa, insulina e ia para escola normalmente. Mediam a glicemia normalmente no lanche, quando não precisam corrigir, e voltava na hora do jantar. Período normal de aula. Só que os passeios de dia inteiro ele nunca tinha ido, porque nunca tinha ensinada ninguém como aplicar insulina… e por medo mesmo, insegurança, por achar que não iam prestar atenção nele como precisa, blá blá, blá…

Só que em junho surgiu este passeio na Sitiolandia, um lugar bacana cheio de atividades, e por ele já estar maior e já prestar mais atenção nas coisas, sabia do passeio. Ficou com vontade de ir. Conversei com meu pai, meu super conselheiro, e eacho que ele ficou mais inseguro do que eu… mas topou e foi na escola um dia ensinar como aplicar.

Na festa junina, que foi antes do passeio, conversei com uma das monitoras da escola, a Gina, uma graça e super esperta. A vantagem da escola do Gui é que é pequena, tem uma classe por série, então ele não é um número de matricula, é uma pessoa mesmo…. Bom, estava na hora do almoço e já fiz a menina aplicar nele. Passado o susto inicial, e graça do Gui falando “socorro, ela vai me matar”, com a cara mais safada do mundo, deu certo. Indiquei o bumbum por ser mais fácil para quem não está acostumado, eu acho..

7h da matina na escola. Meu pai foi junto, imagina se ia perder. Eu já tinha escrito uma cartinha falando que o mais importante era prevenir hipos, então que medissem a cada 2h/2:30h no máximo. A Gina estava com um celular, e nos falaríamos a cada medição, certo? Quase… o lugar fica na cantareira e nao pegava celular! Ligaram da escola umas 10h, informando que só teria radio para ela se comunicar com a escola e que me ligariam para intermediar.. nao né? cade o telefone fixo do lugar?? Pedi para me ligarem de lá. Deu certo.

Resumindo medições: as duas primeiras deram abaixo de 50, uma 34! E nem fazia 2h da comida. É que o lugar realmente era cheio de atividades e o moleque não parava. Até a hora do almoço ficou baixo e depois normalizoou na faixa dos 100mg/dl. No lanche da tarde já nao me ligaram, normal e chegou bem e feliz.

Sim, coração apertado o dia todo. É difícil tomar a decisão de deixar seu filho crescer… com ou sem diabetes, imagino!
O importante é que venci este medo, e foi importante para ele também.

Vamos aprendendo um pouco todo dia…

 

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *