Bomba de Insulina

Bomba de Insulina – começando a pesquisa..

Desde dezembro estamos fazendo ajustes nas doses de insulina do Gui e ainda estamos com altos e baixos… acordando com hipo, hiper todos os dias na hora do lanche da manhã… lógico que o exame dele veio com uma A1C de 8,6%, mas já sabíamos… era fase de testes mesmo.

A nova pediatra está super presente, adorei, é super pesquisadora, e passou esse tempo todo me ajudando no dia a dia. A idéia inicial era trocar a Levemir pela Lantus, mas eu perguntei, finalmente, depois de 3 anos, sobre a bomba de insulina.

Tenho acompanhado outros casos, de crianças que melhoraram super com o uso da bomba, mas como o Gui sempre teve um bom controle, só via de longe… Ela deu um super apoio, até porque agora fazemos a contagem de carboidratos certinha, e ela acha que estamos prontos.

Como eu citei a Roche como opção, ela se adiantou e agendou com uma consultora para conhcer, pois só tinha tido contato com a da Medtronic. Tivemos consulta ontem, meu pai foi junto, e vimos todo o material… é uma mudança boa. Ainda tenho dúvidas sobre os pontos negativos, pois os positivos são vários:
– melhor controle da glicemia;
– mais autonomia para o Gui, pois ele mesmo vai aprender a mexer no aparelho;
– SEM 5 ESPETADAS DIÁRIAS de insulina, que já estão deixando o bumbum dele marcado…

Próximo passo: agendar com a Roche em casa para conhecermos a bomba de fato. Se tudo der certo, passamos para o teste de 1 mês. E se for essa mesmo nossa escolha, vamos entrar com pedido judicial para ganhar a bomba e insumos mensais, pois o custo é alto…

Já me falaram para eu conhecer a Medtronic tambem, vou ver se acho um contato… mas a da Roche tem uma vantagem que é o controle remoto da bomba, parece um celular! enfim, vamos ver…

Assunto não vai faltar por aqui de novo!
Força, sempre,
bjos

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *