Emocional

Depois de um dia normal, com medidas baixas e ajuda do Gui para cada uma das medições, resolvemos comer uma pizza, liberada pela pediatra. Se lembram bem do roteiro, antes do jantar temos que fazer o dextro e deu 239….Lá vamos nós para a aplicação da Novorapid, a insulina rápida que queima os excessos antes da refeição, para que se possa comer de novo sem problemas.

Sem problemas em termos….o Gui aceitou melhor a aplicação da caneta na sexta do que ontem e hoje, e tivemos a primeira discussão pós diabetes. O Léo acha que sou mole demais, e por isso o Gui está demorando quase 30 minutos para nos deixar aplicar; eu acho o Léo muito duro, e por isso o Gui só quer que eu aplique….normal o stress. Nenhum dos dois está certo, eu sei disso, os dois sofrem com o medo do Gui, cada um do seu jeito, mas precisamos urgentemente encontrar o meio termo para continuarmos todos do mesmo lado: o do bem estar do Gui….. Já disse que isso precisa acontecer urgentemente?? Ah tá…

Amanhã preciso voltar ao trabalho, e meu pai é quem vai ficar com ele, como sempre, mas e se precisar aplicar no meio do dia? Como vai ser? Ao mesmo tempo que eu acho que ele pode fazer drama para meu pai também, às vezes acho que ele vai deixar mais fácil….sei lá. Bosta de números da Mega Sena….quem é que joga 4 números da mesma dezena?!?! Podia estar pensando que franquia abriria aqui no Morumbi para poder ficar mais perto dele. Sim, ficar sem trabalhar não é uma opção…

Voltando à realidade….a pizza não desceu bem, já tomei um remédio para dor de cabeça e vou esperar a próxima etapa: nova medição e aplicação da insulina da noite. Torcendo para ele dormir antes para fazer isso na boa, com ele dormindo…nem se mexe.

Eu prometi que faria um blog positivo, e eu JURO que estou levando numa boa, na maior parte do tempo, mas se eu não contasse a parte ruim, não seria um diário de verdade, né? Espero não espantar ninguém! rs

Vou lá ficar com ele, vê se ele dorme, e rezar com ele: pedir ao anjo da guarda que continue sempre do lado dele, e que o acalme….logo ele percebe que o pior é o stress pré aplicação, e não a aplicação em si, já que hoje de manhã deu até uma risada quando eu coloquei a agulha: nem doeu mamãe….

Amanhã dou notícias…continuem por aqui e se alguém souber de caso de crianças com diabetes, me conta quanto tempo leva pra parar de chorar antes da aplicação?!?!?

Força, bejios.