Alegrias, Viagens

Razão, Emoção e um acampamento no meio disso tudo!

13/jan – Preenchendo os formulários da ADJ, no ultimo dia de entrega para não perder a vaga:

– “Mãe, até agora vc tá falando sobre esse assunto de acampamento, mas não me perguntou nenhuma vez se eu quero ir?
Respiro fuuuuundo, porque já sabia que ele não queria…. “não perguntei porque não tem opção… você vai!”
Continue Reading

Hiperglicemia, Hipoglicemia, Viagens

Sim, minha primeira viagem de avião com o Gui (ele já tinha ido ao RJ com o pai..);
Primeira viagem só nós dois, por 5 dias inteiros, primeira comemoração dos nossos aniversários sozinhos!! O dele é domingo, o meu na segunda! Nos dei esse presente, e já está valendo cada centavo!
Pode parecer bobeira, mas a alegria dele é contagiante… Não tenho férias há muito tempo e é dificil ficarmos assim, sem compromissos…

Acabaram não pedindo nada de relatorio da diabetes, mesmo assim eu trouxe um relatorio completo da médica, inlcuindo receita das insulinas… acho que não aparece nada mesmo no raio x.
Tivemos alguns numeros bagunçados, porque o voo foi bem na hora do almoço e o lanche do aviao é bem ruinzinho…  hipo, hiper.. mas ok, amanhã é um novo dia!

Bjos, força e alegria!!

 

Hiperglicemia, Viagens

Consegui internet no quarto do hotel, então aproveitei para vir aqui contar rapidinho o dia de hoje, nem tanto pelas medidas, mas pelos motivos de todas elas!!

Café da manhã: 88 mg/dl e 3UN de NPH;

Almoço: 193 mg/dl na primeira medição. Brincou um pouco com meu pai e meia hora depois estava 115 mg/dl;

Lanche da tarde (em um restaurante na estrada): 176 mg/dl. Como não dava tempo de ficar correndo por ali, apliquei uma dose de Novorapid.

Bom, duas horas depois, já no hotel, resolvi medir para saber se não estava ficando muito baixo, já que ele estava pulando e correndo como doido por aqui….e tomei um susto: 316 mg/dl!!! Mantive a calma e pensei que realmente a gripe mais a excitação da viagem tivessem contribuído para esse dia diferente…

Como ele ainda não estava com fome, descemos para brincar um pouco lá embaixo, correr, lutar…fiquei sentada um pouco no sofá enquanto ele estava andando por ali com a minha mãe de repente me deu um estalo: ontem eu troquei as duas insulinas, depois de 35 dias de uso e simplesmente esqueci de fazer o procedimento indicado para tirar o ar inicial (sempre na troca do refil, devemos simular uma aplicação de 2 unidades, e apertar “no vácuo”. Normalmente só sai a gota de insulina na terceira vez que repito essa simulação).

OU SEJA: ele estava sem insulina desde ontem a noite!!!!! Injetei AR!!! Como o pâncreas dele ainda deve funcionar um pouco, manteve bem de manhã, mas a ausência das 3 doses da manhã, o deixou com esses resultados absurdos! Fiz o teste na hora: peguei a caneta da NPH e selecionei 2 unidades: nada…fiz mais 3 vezes até que saísse insulina na agulha….fiquei passada.

Liguei para a pediatra, caixa postal. Falei com a Nicole para confirmar o que eu achava que deveria fazer: medir de novo antes de comer, aplicar a Novorapid proporcional e aplicar a NPH da noite, normalmente. Depois, medir novamente antes de dormir, e começar tudo de novo amanhã… Felizmente, tudo “zera” no dia seguinte, não é cumulativo, então a tendência é que amanhã volte tudo ao normal. A pediatra ligou na sequencia e confirmou a mesma coisa.

Nova medição antes do jantar: 312 mg/dl e apliquei 3UN de Novorapid. jantou bem, e uma hora depois já dei o leite, porque ele estava cansado e ia dormir antes da hora da nova medição, que deu 71 mg/dl….Já coloquei o relógio para às 3h, não vou conseguir ir direto até amanhã depois disso tudo. (vou tentar acordar-lo para dar alguma coisa para comer…)

Estranho essa sensação…. Um detalhe que parece tão bobo, interfere horrores em um dia inteiro, e afeta o NOSSO emocional também…tadinhos, meus pais ficaram agoniados.

É, cada dia é um dia mesmo. E hoje foi um daqueles que faz a gente pensar que ninguém está acima de erros, por menor que sejam. Ainda bem que temos anjo da guarda em período integral!

Amanhã eu conto como foi! Torçam aí…

Força sempre, sempre, sempre, beijos.